skip to Main Content
Você Sabe O Por Que O Mel é Tão Importante Na Sua Dieta?

Você sabe o por que o mel é tão importante na sua dieta?

Junto com a primavera chegam a flores, essenciais para a produção de um dos alimentos mais completos do mundo: o mel. Veja por que ele é tão importante na dieta!

A primavera chega oficialmente ao hemisfério sul e com ela o desabrochar das flores – essenciais para a produção de mel. Hoje, o Brasil é o 8° maior exportador do produto, segundo a Associação Brasileira de Exportadores de Mel (Abemel).

Isso porque o mel brasileiro é orgânico e considerado um dos mais puros do mundo. Apesar disso e, de na verdade ser um alimento, por aqui é considerado remédio. Prova disso é a diferença de consumo. Enquanto um europeu consome em média 1,5 Kg de mel per capta, no Brasil esse número cai para apenas 100 g.

Os números, da Cooperativa Nacional de Apicultores (Conap), mostram que o brasileiro ainda não aprendeu a aproveitar todas as suas vantagens. Só para se ter uma ideia, o mel tem validade infinita. Se conservado em temperatura ideal e com umidade abaixo de 20%, ele pode durar séculos.

Por aqui, verdade seja dita: sua ação expectorante e versatilidade na gastronomia são amplamente reconhecidas. Mas a questão é que seu consumo regular traz muitas outras vantagens que parecem ignoradas.

Mel: um dos alimentos mais completos do mundo

Na verdade, as abelhas produzem um dos alimentos mais completos do planeta. Ele é o único alimento doce que fornece sais minerais, como cálcio, potássio, fósforo e magnésio; proteínas e vitaminas. Sem validade, delicioso e multifuncional, o mel tem, além disso, forte atuação no corpo humano.

Entre suas principais ações estão a antioxidante, digestiva, diurética, antireumática, hidratante, calmante e antisséptica – só para citar algumas. Da pele à ressaca, vale a pena conhecer mais sobre o mel para aproveitar muito mais suas propriedades.

Redução do estresse metabólico

O mel natural, como o brasileiro, produz glicogênio no fígado, reservas que evitam a liberação de hormônios associados ao estresse. O cérebro utiliza o glicogênio para manter seu funcionamento em equilíbrio.

Excelente fonte de energia

Por ser rico em glicose, o mel é uma fonte instantânea de energia para o organismo. Além de manter os minerais no organismo, ele também ajuda a recuperação metabólica após exercícios físicos, colaborando para a reposição de nutrientes. E vale lembrar: a glicose do mel é mais saudável do que a do açúcar e também é absorvida mais facilmente.

Prevenção do câncer

Rico em antioxidantes, o produto também colabora para a prevenção do câncer, pois essas substâncias combatem os radicais livres, principais agentes de envelhecimento das células, sendo poderosas aliadas contra a doença.

Uso clínico como cicatrizante

Em todo o mundo o mel puro ou produtos que o tem como base, como o Medihoney, são utilizados para cicatrizar feridas. Vários estudos apontam propriedades que estimulam o aumento da epitelização, promovendo o crescimento dos tecidos, e seu poder cicatrizante.

Ajuda a suavizar efeitos da ressaca

Pesquisadores da Royal Society od Chemistry (Inglaterra) apontam o mel como um dos alimentos que podem ajudar a suavizar os efeitos da ressaca. Entre as substâncias que proporcionam essa propriedade está o açúcar, ingrediente que quebra as moléculas do álcool de forma bastante efetiva.

Além disso, ele ajuda a metabolizar o álcool, reduzindo o grau de intoxicação do fígado.

Melhora o funcionamento do cérebro

O mel ajuda a absorver e a fixar o cálcio no organismo, substância utilizada pelos neurônios para originar o sinal elétrico das sinapses. Dessa forma, o alimento colabora com o perfeito desempenho cerebral, além de favorecer a prevenção de problemas ósseos como a osteoporose.

Benefícios para a pele

O mel ajuda a deixar a pele mais macia, uniforme e sem manchas. Por isso, deve ser aplicado cristalizado sobre a pele, pelo menos 2 vezes por semana e massageado suavemente por 10 minutos. Depois é só retirar com água morna.

Por conta de sua ação cicatrizante, sua aplicação direta também colabora para melhorar a acne. Mas não deve ser esfregue. Apenas aplique sobre a ferida, deixe descansar por alguns minutos e retire com água corrente.

Combate a insônia e melhora o sistema imune

O mel tem propriedades calmantes, que estimulam o relaxamento noturno e a produção de melatonina, o chamado hormônio do sono.

Por outro lado, como tem propriedades antibacterianas e antivirais e é rico em fitonutrientes, também fortalece o sistema imunológico. E como é um probiótico, seus componentes incrementam a flora bacteriana do organismo.

Como alimento completo, o mel pode ser consumido por todas as pessoas. Ele não é indicado apenas para diabéticos e crianças até os 3 anos de idade, cujo intestino ainda imaturo pode ser contaminado por microrganismos presentes no na sua composição.

Quer saber mais sobre as propriedades desse alimento completo? Então deixe sua sugestão aqui nos comentários e continue acompanhando nossos posts!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top